Teoria do construtivismo desenvolvida por Jean Piaget

Resumo

A Teoria do construtivismo pode ter várias interpretações em diferentes perspectivas, e pode ter divergência de opiniões entre si. Diante das várias concepções, o que há de comum entre elas, é sua matriz teórica e epistemológica da obra do psicólogo suíço Jean Piaget.

A teoria do construtivismo, surgiu no século XX, com base na experiência do filósofo, biólogo e epistemólogo suíço Jean Piaget ( 1986-1980). Ele observou crianças desde do nascimento até adolescência, como um recém-nascido passava do estado de não reconhecimento de sua individualidade frente ao mundo que o cerca indo até a idade de adolescentes, onde já se tem o início de operações de raciocínio mais complexas - percebeu que o conhecimento se constrói na interação do sujeito com o meio em que ele vive.

Para Piaget, o homem e constituído de três dimensões: biológica, psicológica e social ( ser bio-psico-social ). A dimensão psicológica é a mediadora entre a dimensão biológica e a social, combinando-se até com as influencias sociais. Há uma relação de superposição entre a dimensão social e a dimensão biológico, essa hierarquia em que há a preponderância do elemento biológico no tratamento do sujeito, nas suas instâncias social e psicológica.

Na visão de Piaget, o que definia a relação entre o indivíduo e o meio é a adaptação, sendo a assimilação e a acomodação partes dessa troca que ocorrem entre o organismo e o meio, chegando-se, por essa via, a autorregulação, ou equilibração. O processo de adaptação, que é um processo que se dá para o exterior, junta-se a organização interna.

“ Tomando o conhecimento como um caso particular das trocas entre sujeito e objeto, Piaget define que os instrumentos de conhecimento constituem órgãos especializados de regulação no que diz respeito ás trocas funcionais entre o organismo e o meio” ( Klein-2000)

Ainda de acordo com Piaget, o que diferencia os homens dos animais é a inteligência que atinge os processos organizativos mais superiores que os processos estritamente biológicos.

A sociedade é analisada por Piaget como uma coletividade ou uma comunidade baseada na convivência entre os indivíduos. Essa concepção e meio contraditória da história humana, onde há uma democracia definida.
a teoria de Piaget vai ao encontro das características da sociedade democrática moderna[...]. O sistema democrático pede a cooperação. Basta verificar quais são suas exigências: levar em conta o ponto de vista alheio, respeitá-lo, fazer acordos, negociações, contratos com o outro, admitir e respeitar as diferenças individuais, conviver com a pluralidade de opiniões, de crença, de credos etc. Além do mais, pelas características do mundo moderno, somos cada vez mais levados a ter de encontrar e nos relacionar com pessoas e culturas diversas, de formação diversa, de religiões diversas[...]. Como diz Piaget, a nova exigência é a de coordenar os diversos pontos de vista e diferenças e não mais de reduzi-los através de modelos a serem imitados por todos. (La Taille , 2006)

O construtivismo tem a concepção é de um indivíduo como ser bio-psico-social e socialmente adaptado ás mudanças do capitalismo no final do século XX e início do século XXI.

Comentários