domingo, dezembro 10, 2017

Provas concurso anteriores agente penitenciário MG

Para ser aprovado e fundamental resolver provas dos concursos anteriores de Agente Penitenciário de Mina Gerais. Primeiramente porque o candidato não conseguirá saber todo o conteúdo do edital, e para ser aprovado o candidato deve saber o que será cobrado na prova e como será cobrado
Todas as banca examinadora tem o seu jeito próprio de formular suas questões, dessa forma se você tiver resolvido vários exercícios de provas anterior, você estará bem preparado na hora da prova.

O QUE É COBRADO NAS PROVAS AGENTES PENITENCIÁRIO DE MINAS GERAIS.

A Prova Objetiva de Múltipla Escolha será composta de 50 (cinquenta) questões distribuídas pelas disciplinas, sendo que cada questão conterá 4 (quatro) alternativas com letras de A a D e com uma única resposta correta, valendo 2 (dois) pontos cada questão, totalizando um máximo de 100 (cem)pontos.
Com base em editais e concursos anteriores os conteúdo programático são:

LÍNGUA PORTUGUESA
Interpretação de texto. Ortografia, acentuação e pontuação. Processo de formação de palavras. Emprego das classes de palavras. Sintaxe de concordância e de regência. Uso e colocação do pronome. Uso dos tempos e modos verbais. Estrutura do período e da oração. Redação (domínio da expressão escrita) - Variação linguística: modalidades do uso da língua e adequação linguística. Tópicos de língua portuguesa padrão. Adequação conceitual. Pertinência, relevância e articulação dos argumentos. Seleção vocabular.

RACIOCÍNIO LÓGICO

Raciocínio lógico: resolução de problemas envolvendo frações, conjuntos, porcentagens, sequencias (com números, com figuras, de palavras). Raciocínio lógico-matemático: proposições, conectivos, equivalência e implicação lógica,
argumentos válidos.
CONHECIMENTOS GERAIS
Constituição da República Federativa do Brasil, de 05 de outubro de 1988, e alterações posteriores: Título II: Dos Direitos e Garantias Fundamentais; Capítulo I: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos; Capítulo II: Dos Direitos Sociais; Capítulo III: Da Nacionalidade; Título III: Da Organização do Estado; Capítulo I: Da Organização PolíticoAdministrativa; Capítulo VII: Da Administração Pública; Seção I: Disposições Gerais; Seção II: Dos Servidores Públicos;
Título VIII: Da Ordem Social; Capítulo I: Disposição Geral;
Declaração Universal dos Direitos Humanos;
Lei Estadual nº 869, de 05 de julho de 1.952 e suas alterações posteriores - Estatuto dos Funcionários Públicos Civis
do Estado de Minas Gerais;
Lei Federal n.º 7.210, de 11 de Julho de 1984 (Institui a Lei de Execução Penal) e alterações posteriores;
Lei Federal n.º 9.455 de 07 de abril de 1.997 (Lei da Tortura) e alterações posteriores;
Lei Estadual n.º 11.404, de 25 de Janeiro de 1994 (Contém Normas de Execução Penal);
Lei Estadual nº 14.695, de 30 de julho de 2.003, que instituiu a carreira de Agente de Segurança Penitenciário;
Código Penal Brasileiro (Decreto-Lei n° 2.848/40 e suas alterações posteriores). Parte Especial - Título XI – Dos
Crimes Contra a Administração Pública, Capítulo I. Dos crimes praticados por funcionário público contra
administração em geral;
Regulamento Disciplinar Prisional da Secretaria de Estado de Defesa Social do Estado de Minas Gerais (REDIPRI)




sexta-feira, dezembro 08, 2017

O QUE CAI NA PROVA DE AGENTE PENITENCIARIO

LÍNGUA PORTUGUESA


Interpretação de texto. Ortografia, acentuação e pontuação. Processo de formação de palavras. Emprego das classes de palavras. Sintaxe de concordância e de regência. Uso e colocação do pronome. Uso dos tempos e modos verbais. Estrutura do período e da oração. Redação (domínio da expressão escrita) - Variação linguística: modalidades do uso da língua e adequação linguística. Tópicos de língua portuguesa padrão. Adequação conceitual. Pertinência, relevância e articulação dos argumentos. Seleção vocabular.



RACIOCÍNIO LÓGICO



Raciocínio lógico: resolução de problemas envolvendo frações, conjuntos, porcentagens, sequencias (com números, com figuras, de palavras). Raciocínio lógico-matemático: proposições, conectivos, equivalência e implicação lógica, argumentos válidos.



CONHECIMENTOS GERAIS



Constituição da República Federativa do Brasil, de 05 de outubro de 1988, e alterações posteriores: Título II: Dos Direitos e Garantias Fundamentais; Capítulo I: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos; Capítulo II: Dos Direitos Sociais; Capítulo III: Da Nacionalidade; Título III: Da Organização do Estado; Capítulo I: Da Organização PolíticoAdministrativa; Capítulo VII: Da Administração Pública; Seção I: Disposições Gerais; Seção II: Dos Servidores Públicos;
Título VIII: Da Ordem Social; Capítulo I: Disposição Geral;
Declaração Universal dos Direitos Humanos;
Lei Estadual nº 869, de 05 de julho de 1.952 e suas alterações posteriores - Estatuto dos Funcionários Públicos Civis
do Estado de Minas Gerais;
Lei Federal n.º 7.210, de 11 de Julho de 1984 (Institui a Lei de Execução Penal) e alterações posteriores;
Lei Federal n.º 9.455 de 07 de abril de 1.997 (Lei da Tortura) e alterações posteriores;
Lei Estadual n.º 11.404, de 25 de Janeiro de 1994 (Contém Normas de Execução Penal);
Lei Estadual nº 14.695, de 30 de julho de 2.003, que instituiu a carreira de Agente de Segurança Penitenciário;
Código Penal Brasileiro (Decreto-Lei n° 2.848/40 e suas alterações posteriores). Parte Especial - Título XI – Dos
Crimes Contra a Administração Pública, Capítulo I. Dos crimes praticados por funcionário público contra
administração em geral;
Regulamento Disciplinar Prisional da Secretaria de Estado de Defesa Social do Estado de Minas Gerais (REDIPRI).

O que faz um Agente Penitenciário?




Garantir a ordem e a segurança no interior dos estabelecimentos prisionais; desempenhar ações de vigilância interna e externa dos estabelecimentos prisionais, inclusive muralhas e guaritas, bem como em órgãos e locais vinculados ou de interesse do Sistema Prisional; exercer atividades de escolta e custódia de presos; executar operações de transporte escolta e custódia de presos em movimentações externas, bem como de transferências interestaduais ou entre unidades no interior do Estado; realizar buscas periódicas nas celas; realizar revistas nos familiares e visitantes dos presos; prestar segurança a profissionais diversos que fazem atendimentos especializados aos presos nas unidades prisionais; conduzir presos à presença de autoridades; adotar as medidas necessárias ao cumprimento dos alvarás de soltura, obedecidas as normas próprias; informar ao preso sobre seus direitos e deveres de conformidade com o Regulamento Disciplinar Prisional - REDIPRI e demais normas vigentes; verificar sobre a necessidade de encaminhar presos a atendimentos especializados; entregar medicamentos aos presos, observada a prescrição médica; prestar assistência em situações de emergência: primeiros socorros, incêndios, transporte de enfermos, rebeliões, fugas e outras assemelhadas; preencher formulários, redigir e digitar relatórios e comunicações internas; participar de comissões de classificação e de disciplina, quando designado; exercer outras atividades que vierem a ser incorporadas ao cargo por força de dispositivos legais.


Provas concurso anteriores agente penitenciário MG

Para ser aprovado e fundamental resolver provas dos concursos anteriores de Agente Penitenciário de Mina Gerais . Primeiramente porque o c...